Portado por : Felipe Marques domingo, 6 de dezembro de 2015


Deputado federal pelo PRB de São Paulo, líder em pesquisas de intenção de voto na corrida para a Prefeitura da capital paulista, apresentador da TV Record é condenado a dois anos e dois meses de prisão. Assim pode ser definido o minicurrículo do parlamentar-jornalista Celso Russomanno, que teve o último item inserido em sua biografia no sábado, após a revista “Veja” divulgar sentença de 2014 da Justiça Federal do Distrito Federal, que o considerou culpado pela prática de peculato, crime relacionado à apropriação e ao desvio de dinheiro público.
Convertida em 790 horas de trabalho comunitário e doação de 25 cestas básicas, a condenação de Russomanno é referente ao fato de o político-comunicador ter nomeado para seu gabinete uma mulher que, segundo avaliado pelo Judiciário, dava expediente na empresa particular mantida pelo jornalista atualmente contratado pela Record, onde comanda o quadro ‘Patrulha do Consumidor’. A Justiça Federal concluiu que o deputado manteve Sandra de Jesus como assessora da Câmara por quatro anos, sendo que ela trabalhava na produtora Night and Day Promoções. O caso ocorreu de 1997 a 2001, período em que o congressista esteve filiado ao PSDB e ao PPB (hoje PP).

Deixe seu comentário

Feed posts | Feed comentários

Populares

Arquivos

TOP1@Copyright Todos os Direitos Reservados. Tecnologia do Blogger.

Visitas

- Copyright © Top 1 | Séries de Web -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -