Portado por : Felipe Marques sábado, 19 de setembro de 2015

GUGU

Desgastado e sem identidade, é desta maneira que o programa “Gugu” se despede na próxima terça feira (22). Mas onde esta o erro? Na emissora? Na produção? No apresentador?, se você respondeu os três, ACERTOU.
O programa “Gugu” estreou em fevereiro com a intenção de fazer frente ao “Programa do Ratinho” do SBT, que vinha já consolidado no horário, com uma estreia avassaladora, o loiro ficou em primeiro lugar no Ibope, mas após isso a sua atração foi só ladeira abaixo.
A queda de uma atração após a estreia é considerada normal, desde que ela caia para os patamares que a emissora espera, e não foi isso que aconteceu com “Gugu”, sua atração caiu mês após mês até chegar ao nível de 7 pontos, abaixo dos 9 esperado pelo canal dos bispos.
Como telespectador, não consegui entender a proposta do programa, que hora vinha com lições moral, hora com assistencialismo, com humor, musicais, alegria, enfim, apostaram de um tudo e não ficaram com nada, televisão é hábito e se você fica inventado um monte de quadros que estreiam e nunca mais voltam, o telespectador não se sente a vontade e usa seu controle remoto.
O erro então foi da produção do programa justamente por isso, por não ter apostado num conteúdo fixo e testado previamente, as vezes o programa era tão ruim, que nem parecia que os produtores tiveram uma semana pra pensar naquilo. Existem formatos, a plateia poderia ser mais aproveitada, enfim, tantas coisas poderiam ser feitas e não fizeram.
Gugu deixou a apresentação do “Domingo Legal” e foi apresentar o “Programa do Gugu” nos domingos da Record, em 2012 a atração saiu do ar por desgaste e falta de audiência, então, se saiu por baixa audiência, por que o apresentador insiste em fazer as mesmas coisas que fazia no domingo? Primeiro que isso não funciona mais na Televisão e segundo porque durante a semana a pegada é outra, o publico é outro. Conclusão, o apresentador por não ter se renovado também é culpado pelo insucesso do programa.
A culpa da Rede Record foi não ter interferido, trocou apenas o diretor da atração e deixou por isso mesmo, deu a “Gugu” o departamento de jornalismo, mas esse também nem aproveitado foi, William Travassos entrava só pra falar curiosidades.
Um bom programa ele precisa ser pensado e testado antes de ir para o ar, precisa de investimentos em quadros que chamem a atenção do grande publico, testar quadro no ar, é perigoso e pode não acabar bem, como foi o caso do “Gugu”.
O programa sai agora do ar com uma audiência em baixa e sem deixar nenhuma saudade no publico. A forte concorrência atrapalhou? Sim, mas não foi fator primordial para os baixos índices do programa, faltou conteúdo, faltou um bom conteúdo, faltou uma produção mais criativa e uma direção mais segura.

Deixe seu comentário

Feed posts | Feed comentários

Populares

Arquivos

TOP1@Copyright Todos os Direitos Reservados. Tecnologia do Blogger.

Visitas

- Copyright © Top 1 | Séries de Web -Metrominimalist- Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -